Saiba tudo sobre o Carta Verde, seguro obrigatório para veículos brasileiros que estejam em viagem pelos países do Mercosul!

Planejando uma viagem pelo Mercosul? Se você está se programando para atravessar a fronteira entre o Brasil e países como Argentina, Uruguai e outros com o seu carro, é importante saber que existe um seguro obrigatório para transitar entre os países.

Perguntas e respostas sobre o seguro Carta Verde

O que é o Carta Verde?

O Carta Verde é um seguro para veículos com registro no Brasil e que estejam em viagem pelos países do Mercosul. Seja o carro de passeio ou aluguel, o Carta Verde é obrigatório.

O que o Carta Verde cobre?

A cobertura do Carta Verde é muito parecida com a do DPVAT no Brasil. Basicamente, ele garante a cobertura de Responsabilidade Civil Facultativa, ou seja, o pagamento das despesas que seriam do motorista do carro em um eventual acidente causado por ele.

De forma simplificada, aqui está uma lista do que é coberto pelo seguro Carta Verde:

  • Danos materiais à terceiros
  • Danos corporais à terceiros (incluindo despesas médicas)
  • Gastos legais, como pagamento de honorários e outras taxas

Como contratar o Carta Verde?

Para contratar o seguro, existem algumas opções. A mais comum é entrar em contato com uma seguradora para solicitar o Carta Verde. Em geral, o processo é muito simples e a emissão é rápida após o envio dos documentos para a seguradora.

Além das seguradoras, o Carta Verde pode ser emitido também por Consulados e agências bancárias. Não é necessário ter conta no banco em questão para a contratação do seguro.

Quais os documentos necessários para a contratação?

Para a contratação do Carta Verde, o emissor vai solicitar os seguintes documentos:

  • Carteira de Identidade (RG) ou passaporte
  • Carteira de motorista (Carteira Nacional de Habilitação — CNH)
  • Documentação do veículo que transitará entre o Brasil e outros países do Mercosul

Quanto custa o Carta Verde?

O preço varia de acordo com a quantidade de dias contratados, que pode ir de três a 30 dias, e da cobertura. Você consegue encontrar o seguro a partir de aproximadamente R$50.

O pagamento do seguro pode ser feito por boleto ou outras opções online, como cartão de crédito, dependendo da seguradora escolhida. Se você optar pelo boleto, lembre-se de entrar com o pedido do Carta Verde com certa antecedência à viagem, já que a compensação pode demorar até alguns dias.

Qual o valor coberto pelo Carta Verde?

Antes da contratação, fique atento aos limites de cobertura oferecidos por cada emissor. Os limites mínimos são contados em dólares americanos:

  • US$20 mil para danos materiais causados a terceiros
  • US$40 mil por pessoa para danos corporais causados a terceiros
  • 50% dos honorários de advogados e despesas legais

Em que situações o Carta Verde não vai cobrir os danos causados por um acidente?

Assim como acontece com outros tipos de seguro de carro, existem algumas situações que não são cobertas pelo Carta Verde. Se ficar comprovado que o motorista estava dirigindo embriagado, por exemplo, não haverá cobertura.

Da mesma forma, se o veículo estiver sendo dirigido por uma pessoa não habilitada no momento do acidente ou envolvido em atividades ilegais, como excesso de velocidade, o Carta Verde também não cobrirá os custos dos danos causados.

Carta Verde para carros alugados

Primeiramente, é importante frisar de que o Carta Verde é diferente de uma autorização por parte da locadora para a travessia de fronteira com o carro alugado. Se você planeja fazer a travessia com um veículo alugado, é necessário informar à locadora — é ela quem determina a autorização ou não.

E atenção! As locadoras podem proibir a travessia entre países dependendo da localidade. Caso você cruze uma fronteira sem avisá-la, ela se reserva o direito de cobrar taxas adicionais, que podem ser inclusive descontadas diretamente do depósito caução do locatário.

Por isso, sempre que pensar em atravessar uma fronteira entre o Brasil e outros países com um carro alugado, verifique se isso é possível com a locadora! Isso evita surpresas desagradáveis ao devolver o carro alugado.

Para a contratação do Carta Verde para o veículo alugado, antes de mais nada, entre em contato com a locadora solicitando a permissão de travessia. Com a autorização em mãos, busque a seguradora de sua preferência e faça o agendamento da emissão do Carta Verde.

Após a retirada do carro, tenha os documentos em mãos e solicite a emissão do seguro. O processo é rápido e pode ser concluído em até 30 minutos após o envio dos documentos.

Se você está planejando uma viagem para o Mercosul com um carro alugado e precisa saber se uma locadora aceita que seus carros atravessem fronteiras entre países, podemos te ajudar! A Rentcars.com compara o preço de mais de 100 locadoras de todo o mundo para oferecer sempre o melhor preço e disponibiliza de atendimento especializado. Pesquise com a gente e comece a planejar sua aventura!

Receba as ofertas Rentcars.com!

Você fará parte da nossa lista VIP para receber ofertas exclusivas de até 30% e roteiros para os destinos mais incríveis do mundo.



Atenção! Todos os esforços foram feitos para validar as informações dos textos publicados neste blog no momento da sua redação, porém a Rentcars.com não se responsabiliza por imprecisões ou alterações futuras que possam ocorrer em função do dinamismo das ofertas e condições do mercado de turismo. Os artigos aqui publicados, assim como os eventuais comentários de seus leitores, têm caráter meramente informativo e cabe ao cliente validar antecipadamente junto a Rentcars.com e/ou Locadoras qualquer informação que possa afetar seus planos de viagem.

Deixe um comentário