Quer saber como é dirigir em Belo Horizonte? A cidade, que não para de crescer, tem um trânsito complicado, mas com algumas dicas fica fácil transitar em suas ruas!

Belo Horizonte foi pensada para ser referência em urbanismo, integrando ruas largas com paisagismo verde e, assim, levar aos cidadãos beleza e modernidade. Com inspiração nas emergentes Paris e Washington, Belo Horizonte conseguiu transpor a ideia do papel para a realidade, porém um detalhe passou despercebido.

como-dirigir-em-belo-horizonte
Parque das Mangabeiras – By Eliezerscosta (Own work) [CC BY-SA 4.0], via Wikimedia Commons

A encantadora cidade acabou atraindo muito mais pessoas do que o imaginado e o idealismo de ter um local totalmente planejado e pensado para o bem estar do cidadão virou uma ilusão. Belo Horizonte, ao se tornar a capital de Minas Gerais, cresceu de forma absurda, tão avassaladora que passou longe do que então previam seus fundadores.

Quando a cidade foi planejada, nos idos de 1894, não estava previsto o tanto de carros que iriam trafegar no centro. E Belo Horizonte, assim como centenas de cidades brasileiras, não comporta o número de veículos que circulam em suas vias. Mesmo sendo desenhada para ter ruas de 20 e avenidas de 35 metros, o espaço atualmente não parece ser suficiente nas horas de rush. Nota-se, dessa forma, que é preciso modernização no trânsito brasileiro ou um melhoramento do transporte público.

Se no planejamento inicial estava previsto integração homem e natureza, esta proposta ainda pode ser vista no panorama de Belo Horizonte.

Numa visita ao centro da cidade, você vai pegar a Avenida do Contorno. Planejada para ser a interligação entre pontos da área central, a avenida circunda toda a região. Arborizada, esta via tem um alto fluxo de movimento e é aquela a ser evitada nos horários de começo e fim de expediente comercial. Os buracos podem prejudicar os desavisados, por isso mantenha a atenção no limite de velocidade e na pista.

Na maioria das cidades, os estádios de futebol ficam fora do entorno central, mas em BH os estádios do Atlético Mineiro e Cruzeiro são de fácil acesso ao se utilizar a Avenida do Contorno.

Outro ponto a se precaver é com relação aos ônibus de transporte. Como os motoristas têm que cumprir horários rígidos, acabam por vezes desrespeitando outros carros e invadem a sua pista sem cerimônia.

O lado oposto da Avenida do Contorno é a Avenida Nossa Senhora do Carmo. O asfalto é tão bom e a paisagem é tão bela com árvores em toda a sua extensão, que muitos motoristas acabam pisando demais no acelerador e infringindo as leis de trânsito; consequentemente, os acidentes são mais frequentes. Quem vem pela BR-356 pega ela para chegar até o centro.

As praças de Belo Horizonte são à moda antiga. A Praça da Liberdade, por exemplo, conta com coreto, fonte luminosa e paisagismo com palmeiras imperiais. Localizada no centro, você pode chegar a ela pela Avenida Álvares Cabral.

como-dirigir-em-belo-horizonte
Praça da Liberdade – Por Diegojaf22 (Trabalho próprio pelo carregador) [CC BY 3.0], undefined

Outra via muito utilizada pelos motoristas é a Avenida Afonso Pena. Como que liga a zona noroeste e sudeste, ela é ótima para se trafegar. Paisagem encantadora, boa sinalização e asfalto em ótimas condições. A avenida é íngreme em certas direções e o motor do seu carro terá que se esforçar para subir as ladeiras desta avenida.

Se toda vez que a Lagoa da Pampulha aparece na TV você fica com vontade de conhecê-la, é bom ter em mente que este local fica um pouco afastado e, para ir até lá, você vai precisar sair do centro e seguir rumo ao norte. A particularidade é que você vai pegar uma rodovia chamada Rodovia Anel Rodoviário. No caminho, você apenas vai atravessá-la, sem chegar necessariamente a percorrê-la.

como-dirigir-em-belo-horizonte
Lagoa da Pampulha – enioprado [CC BY-SA 3.0], undefined

Por ser parte da ligação entre a BR-381 e a BR-040, muitos caminhões circulam no trecho e os constantes acidentes tornam esta rodovia a mais perigosa de Belo Horizonte. Preste atenção na sinalização com relação aos estreitamentos de pista, que a deixam com apenas duas em certos sentidos; com caminhões ao lado, é sempre bom manter cautela. Além disso, por ter bairros nas imediações, muitos pedestres atravessam a rua de maneira imprudente.

Depois de sair do Anel Rodoviário, a próxima via rumo à Lagoa da Pampulha é a Avenida Presidente Carlos Luz e depois a Avenida Alfredo Camarate. Neste intervalo, bem pertinho dali, está o Estádio Mineirão e quem quiser conhecê-lo pode seguir esta mesma rota e mudar a direção conforme explicam as placas.

Dicas para dirigir em Belo Horizonte

O curioso do trânsito central de Belo Horizonte é que você se sente como se estivesse dirigindo por ruas feitas por uma regra. Tudo é quadradinho, perpendicular, não há muitas curvas e o maior empecilho que o motorista vai encontrar é a falta de retornos.

Nos horários de pico a velocidade dos carros cai consideravelmente, por isso, não queira marcar um compromisso nestes horários, pois dificilmente conseguirá chegar na hora.

Fique atento aos sinais: muita gente acha que dá para passar no amarelo e, quando vê, passou quando estava no vermelho. Quando isto ocorre em Belo Horizonte, é multa na certa. O órgão responsável pelo trânsito da cidade instalou câmeras por diversos pontos e a cada flagrante o motorista é multado.

Faltou alguma dica para os nossos motoristas? A nossa caixa de mensagens está aberta para você deixar a sua opinião!

Receba as ofertas Rentcars.com!

Você fará parte da nossa lista VIP para receber ofertas exclusivas.
Até 30% de desconto e muitas outras vantagens!



Atenção! Todos os esforços foram feitos para validar as informações dos textos publicados neste blog no momento da sua redação, porém a Rentcars.com não se responsabiliza por imprecisões ou alterações futuras que possam ocorrer em função do dinamismo das ofertas e condições do mercado de turismo. Os artigos aqui publicados, assim como os eventuais comentários de seus leitores, têm caráter meramente informativo e cabe ao cliente validar antecipadamente junto a Rentcars.com e/ou Locadoras qualquer informação que possa afetar seus planos de viagem.

1 Comentário

  1. Planejou-se errado ou não se cumpriu. Exemplo ao construir avenidas perpendiculares o tiro saiu pela culatra. É um transtorno, qdo num cruzamento concorrem não 2 vias, mas 4! Não se pensou no pedestre. Apenas quarteirões seria melhor!

Deixe um comentário

dois × três =