Precisa ter tomado as duas doses da vacina? Tem que fazer a quarentena obrigatória? Veja as principais exigências de países com fronteiras abertas para brasileiros

Se você não vê a hora de viajar por aí com todo conforto e segurança, essa notícia vai alegrar seu dia: na Europa, alguns países abriram suas fronteiras para turistas brasileiros que tomaram as duas doses da vacina contra o coronavírus – ou a dose única -, mesmo que não tenham passaporte europeu, visto ou autorização de residência europeia. Além disso, alguns locais deixaram de exigir a quarentena obrigatória, sendo necessário apenas o comprovante do resultado negativo para Covid-19.

Veja as exigências de países abertos para brasileiros abaixo:

Quais são as regras para a entrada de brasileiros na Europa?

Portugal:

Um dos destinos mais procurados por brasileiros quando o assunto é turismo, abriu suas fronteiras! Brasileiros já podem viajar para Portugal mediante a apresentação do Certificado Digital COVID da União Europeia e um teste do tipo PCR, ou de antígeno negativo para Covid-19, feito em até 72 horas antes do embarque.

Os certificados de vacinação ou recuperação de Covid-19 emitidos no Brasil passaram a valer para a entrada de turistas em Portugal. A medida, porém, é válida apenas para pessoas que receberam um dos imunizantes a seguir: Janssen, AstraZeneca, Moderna e Pfizer. A Coronavac ainda não foi autorizada pelo órgão. O país também retirou a obrigatoriedade da quarentena.

Espanha

Você já pode viajar para Espanha se tiver completado 14 dias após a segunda dose da vacina, incluindo pessoas que foram vacinadas pela CoronaVac. O país não exige quarentena, mas é necessário apresentar o comprovante de vacinação, disponível no site do Ministério da Saúde do Brasil, e preencher um formulário no site do governo espanhol.

Se você já teve Covid, poderá apresentar um certificado de recuperação, traduzido para espanhol, inglês, francês ou alemão que confirme que já se passaram mais de 11 dias desde o resultado positivo da doença.

Se for chegar pela Espanha, mas com intenção de visitar algum dos 26 países do Espaço Schengen, também é necessário apresentar o comprovante de vacinação completa (2 doses da CoronaVac, Pfizer, ou AstraZeneca, ou a dose única da Janssen).

No aeroporto é feito teste de temperatura e, eventualmente, testes antígenos. Além disso, o passageiro receberá um QR code que deverá ser apresentado antes e depois do embarque. 

Suíça:

9 Destinos Internacionais para Comemorar o Réveillon

A Suíça está com as fronteiras abertas para brasileiros mediante a apresentação do comprovante de vacinação, facilmente encontrado no site do Ministério da Saúde, que deverá ser apresentado antes do voo e na chegada ao país.

As vacinas permitidas são Pfizer/BioNTech, Moderna, Janssen, AstraZeneca, Sinovac (Coronavac), Sinopharm e Serum Institute of India, entre outras autorizadas pela Anvisa.  Com a vacinação completa (2 doses ou dose única), os turistas brasileiros estarão isentos de quarentena e/ou teste PCR. Sendo que as vacinas terão validade de 12 meses.

Crianças não precisam apresentar o teste com resultado negativo de Covid-19 se os pais estiverem totalmente vacinados. Mas, adolescentes entre 12 e 16 anos precisam apresentar.

Alemanha:

roteiro-cidades-medievais-da-alemanha

A Alemanha também abriu suas fronteiras para o turismo de brasileiros, mas apenas para viajantes completamente imunizados (2 doses ou dose única) e após 14 dias do recebimento da segunda dose. As vacinas aceitas são Pfizer, Moderna, Janssen e AstraZeneca. O turista deve apresentar um PCR negativo feito no máximo há 72 horas antes do embarque e apresentar o Certificado Digital COVID da União Europeia.

Caso você tenha se recuperado da Covid-19, deve apresentar um teste de PCR positivo como prova da doença. O comprovantes de recuperação deve estar preenchido em alemão, inglês, francês, italiano ou espanhol, em formato digital ou impresso.

França:

Apresentando o teste PCR com resultado negativo para Covid-19, realizado até 48h antes do embarque, e totalmente vacinado, você já pode entrar na França! É preciso apresentar o comprovante de vacinação, que comprove ter recebido a dose única da vacina Janssen há pelo menos 28 dias antes da chegada ou 7 dias da segunda dose antes da chegada para as vacinas AstraZeneca, Covishield, Moderna , Janssen ou Pfizer

Bélgica

A Bélgica aceita brasileiros totalmente vacinados com um dos imunizantes: Pfizer, AstraZeneca, Janssen e Moderna. É necessário apresentar o certificado de vacinação, com comprovação de que a segunda dose foi aplicada 14 dias antes do embarque. Se você foi vacinado com a dose única da Janssen, deve aguardar 28 dias da aplicação para embarcar.
O teste PCR continua obrigatório após o desembarque, com necessidade de quarentena até o resultado sair. Se negativo, o turista está livre para passear pelo país.

Croácia

A Croácia já aceita brasileiros, mas os turistas precisam apresentar um teste PCR negativo de até 48h antes do embarque e cumprir quarentena de 14 dias. Ela pode ser reduzida após resultado negativo com 7 dias de isolamento.

Holanda

Holanda, Amsterdam

Brasileiros já podem visitar a Holanda se apresentarem o certificado de vacinação, um teste negativo para a Covid-19 feito 48 horas antes do embarque ou de antígeno realizado 24 horas antes, declaração de saúde e cumprir quarentena de 10 dias.

Os imunizantes aceitos em solo holandês são Pfizer/BioNTech, AstraZeneca, Moderna, Sinopharm ou Coronavac/Sinovac, sendo que a 2° dose deve ter sido aplicada com pelo menos 14 dias antes do embarque. Se você foi vacinado com a dose única da Janssen, deve aguardar 28 dias.

República Tcheca

Praga, República Tcheca

O Ministério da Saúde da República Tcheca já autorizou a entrada de brasileiros totalmente imunizados contra a Covid-19. As vacinas consideradas são as aprovadas pela EMA (European Medicine Agency): Pfizer, AstraZeneca, Moderna ou Janssen. Por enquanto, a Coronavac não é aceita.

O viajante deve apresentar o Certificado Internacional de Vacinação completa em inglês com QR code. É necessário ter tomado a 2° dose com pelo menos 14 dias de intervalo até o embarque. Além disso, é obrigatório possuir um Seguro de Viagem com cobertura para tratamento da Covid-19 e um Formulário de Chegada deve ser preenchido.

Quais são as regras para a entrada de brasileiros nos Estados Unidos e Canadá?

9 Destinos Internacionais para Comemorar o Réveillon

Brasileiros poderão viajar para os Estados Unidos em novembro

É isso mesmo: você já pode planejar a sua viagem para o país norte-americano! A Casa Branca informou que a partir de novembro, brasileiros poderão viajar aos EUA se estiverem totalmente vacinados e apresentarem o comprovante de vacinação antes de embarcar. Mas, até momento, não temos uma data fixa de abertura e ainda não foi informado quais vacinas serão aceitas.

O exame PCR com resultado negativo para Covid-19 continua obrigatório e deve ser feito até 3 dias antes do embarque. Além disso, é necessário preencher um formulário antes da viagem.

Recentemente, o Centro de Controle de Doenças dos Estados Unidos (CDC) reduziu o grau de risco de viagens para o Brasil por conta da pandemia de “4 – muito alto” para “3 – alto”, fazendo com que a classificação do país seja a mesma do Canadá, México, Alemanha e Chile. Isso quer dizer que estamos junto com países que já estão liberados para turistar pelos Estados Unidos.

Canadá

Canadá

No Canadá, estrangeiros totalmente vacinados que apresentarem comprovante de imunização completa – ou combinação de vacinas – aceita pelo Governo Federal podem visitar o país. É necessário ter recebido a 2° dose com pelo menos 14 dias antes da chegada. Atualmente, são aceitas as vacinas da Pfizer, Moderna, AstraZeneca e Janssen.

É necessário apresentar um teste de PCR negativo para Covid-19, feito dentro de 72 horas antes da partida para o Canadá.

Quais são as regras para a entrada de brasileiros em países da América Latina?

México

Roteiro México

O México está de portas abertas para turistas brasileiros. O país não exige apresentação do exame PCR, nem quarentena obrigatória. Apenas é necessário usar máscaras e evitar aglomerações.

Chile

Alto da cidade de Valparaíso, no Chile

A partir do dia 1º de outubro, brasileiros já podem visitar o Chile! As regras de entrada são: apresentação do comprovante de vacinação de uma das vacinas a seguir: Pfizer, Astrazeneca, Coronavac e Janssen, sendo que deverá ter tomado a 2° dose – ou a única – com pelo menos 14 dias antes do embarque; um teste PCR negativo feito em até 72 horas anteriores à chegada no país; e contratar um seguro médico privado de viagem.

Além disso, o turista é obrigado a cumprir quarentena de cinco ou sete dias. Cinco dias para quem tiver o passe de mobilidade fornecido pelo governo, e sete dias para quem não tem.

Durante seus primeiros 14 dias em terras chilenas, será necessário preencher um formulário com atualizações diárias para controle das autoridades sanitárias.

Argentina

Ainda não é possível viajar para Argentina, saindo do Brasil. Inclusive, o país argentino está com voos de origem Brasil, Chile, Índia, Grã-Bretanha, Irlanda do Norte e países do continente africano, suspensos.

A expectativa é de reabertura ainda neste ano para pessoas que tiverem completado o protocolo vacinal contra a Covid-19. Vamos aguardar futuras notícias.

Peru

Peru Macchu Pichu

As fronteiras com o Peru estão abertas desde o dia 6 de setembro. Os que comprovarem vacinação completa, com qualquer imunizante aplicado pelo SUS, podem entrar sem necessidade de PCR ou quarentena obrigatória. Para os maiores de 12 anos que não tiverem se vacinado, é preciso apresentar o PCR negativo feito até 72 horas antes do embarque. Todos os passageiros devem preencher o formulário eletrônico Declaración Jurada de Salud y Autorización de Geolocalización.

Costa Rica

Costa Rica

Partiu Costa Rica! A única exigência para entrada no país é a apresentação do formulário Pase de Salud, que deve ser preenchido digitalmente antes da viagem. Não é necessário quarentena nem apresentar PCR negativo. Quem não tiver totalmente vacinado deve contratar um seguro de viagem com cobertura contra a Covid-19.

Aruba

Aruba

A ilha de Aruba já permite brasileiros. É obrigatório apresentar o teste PCR negativo para Covid-19 feito 72h antes do embarque, contratar um Seguro de Saúde e preencher um formulário online.

Os turistas brasileiros também precisam apresentar certificado internacional de vacinação contra febre amarela para entrar em Aruba. O imunizante precisa ser tomado até 10 dias antes do embarque.

O sonho que estava tão distante… Está mais próximo do que imaginamos. É hora de voltar a mexer no roteiro de férias e programar o dia de colocar o pé na estrada! Alugue seu carro com a Rentcars e boa viagem.

Observação: essa matéria foi escrita às 11h do dia 21 de setembro de 2021 e, devido às mudanças repentinas da pandemia, pode sofrer alterações a qualquer momento.

Receba as ofertas Rentcars.com!

Você fará parte da nossa lista VIP para receber ofertas exclusivas de até 30% e roteiros para os destinos mais incríveis do mundo.



Atenção! Todos os esforços foram feitos para validar as informações dos textos publicados neste blog no momento da sua redação, porém a Rentcars.com não se responsabiliza por imprecisões ou alterações futuras que possam ocorrer em função do dinamismo das ofertas e condições do mercado de turismo. Os artigos aqui publicados, assim como os eventuais comentários de seus leitores, têm caráter meramente informativo e cabe ao cliente validar antecipadamente junto a Rentcars.com e/ou Locadoras qualquer informação que possa afetar seus planos de viagem.

Deixe um comentário