Está planejando uma viagem pela Colômbia? Confira o nosso roteiro de carro pelo Norte do país, de Cartagena a Santa Marta!

A Colômbia se tornou um dos lugares mais visitados por brasileiros nos últimos meses. Isso porque além de praias belíssimas e muitas atrações culturais, o país vem investindo bastante no turismo e é financeiramente acessível para todos os bolsos. Ao chegar, os visitantes são recebidos de braços abertos por um povo verdadeiramente acolhedor, que revela a essência colombiana.

Uma mulher com casa colorida ao fundo.
Paredes coloridas em Cartagena, na Colômbia.

Tão próxima geograficamente do Brasil, a Colômbia é um bom destino para se desbravar de carro, pois pelo caminho existem muitas paisagens que ficam ainda melhores se forem apreciadas com calma. É possível retirar um carro alugado pela Rentcars.com diretamente nos aeroportos colombianos. Pensando nisso, criamos um roteiro especial pra você que quer aproveitar ao máximo a sua viagem pela Colômbia. Vamos fazer um passeio pelo Norte do país, saindo de Cartagena, o cartão-postal da região, até a agradável cidade de Santa Marta. Nos acompanhe abaixo!

Cartagena das Índias

Desembarque de avião em Cartagena das Índias e retire o seu carro alugado no aeroporto para começar a aventura. A cidade é uma joia colombiana e atrai turistas de diferentes lugares do mundo o ano inteiro devido à quantidade de atrativos interessantes. Como principal destino de lua de mel da Colômbia, Cartagena é cheia de romance, hotéis cinco estrelas e excelentes opções gastronômicas. Recomendamos 3 dias para conhecê-la, mas se quiser fazer tudo com calma, considere aumentar a estadia. Ruelas pequenas e coloridas ajudam a criar o cenário romântico de Cartagena, que hoje é dividida em duas partes: Cidade Amuralhada, a parte mais antiga, e Bocagrande, o lado moderno.

Prédios históricos de Cartagena.
Cartagena e suas duas faces: O lado histórico, a frente, e o moderno, ao fundo.

Cidade Amuralhada

Nossa dica é começar o roteiro com um tour pelo Centro Histórico, a famosa Cidade Amuralhada ou Murada, o coração de Cartagena. É lá que ficam as atrações mais imperdíveis, os mais belos casarões coloniais e as melhores opções de restaurantes e bares. O Centro recebeu este nome, pois foi protegido por uma grande muralha, que representa a história local. Um passeio pelas suas ruas de paralelepípedos é como voltar no tempo.

Ande pelas ruas de Cartagena das Índias para mergulhar na história da cidade.

Visite a Catedral Basílica Menor, decorada com ouro, o Palácio da Inquisição (sede do belíssimo Museu Histórico de Cartagena), o Museo de Arte Moderno, o Teatro Heredia, a Torre do Relógio, localizada já no portão de acesso da Cidade Murada, e a Plaza de los Coches, onde os turistas podem passear com carruagens. Passe por todas as praças centrais e igrejas para se encantar ainda mais com as cores e arquitetura. Aproveite as lojinhas de souvenir e artesanato, as opções de grife e curta a intensa gastronomia colombiana. A vida noturna é bem animada, vale a pena conhecer.

Varandas com plantas com catedral ao fundo.
Vista das varandas coloridas que conduzem à deslumbrante Catedral de Cartagena, na Colômbia.

Dica: Passear pelo bairro Getsemaní, na região histórica, é uma experiência incrível. Conhecido como o “bairro dos mochileiros”, o lugar é boêmio, colorido, dono de ruelas charmosas e casas floridas. Além disso, o local é riquíssimo em arte de rua, com grafites vibrantes espalhados por todos os cantos. A Praça da Trindade, uma das mais antigas e belas de Cartagena, é o coração do Getsemaní.

Castelo de San Felipe de Barajas e Bocagrande

Após conhecer o Centro de Cartagena, siga para o Castelo de San Felipe de Barajas, o maior forte da América Colonial e um dos pontos turísticos mais populares. Para chegar lá, dirija pela parte leste até a Colina de San Lazaro. Da fortaleza é possível ter uma visão panorâmica da cidade e do mar. Ande pelas passagens subterrâneas e conheça um pouco da história local. Para isso, recomendamos o passeio com guia turístico, que dura de 2 a 3 horas. Durante o período da tarde, visite a orla de Bocagrande, a parte mais moderna de Cartagena. Prédios contemporâneos, restaurantes requintados, lojas sofisticadas e cassinos estão entre as atrações desta nobre área, que nada se parece com o Centro Histórico.

Castelo e fortaleza em Cartagena das Índias.
Vista panorâmica do Castelo de San Felipe Barajas, uma fortaleza na colina Lazaro, em Cartagena das Índias.

Dica: Já que você estará de carro, considere visitar o Convento de Santa Cruz de la Popa, um mirante construído no ponto mais alto da cidade, que possibilita uma visão completa dela. O Convento fica a 20 minutos de carro, partindo de Bocagrande ou da Cidade Amuralhada.

Islas del Rosario e Isla Baru

Apesar de estar localizada no Mar do Caribe, Cartagena não possui praias tão encantadoras fora das ilhas que formam o Arquipélago Islas del Rosario. E é pra lá que vamos no último dia de estadia na cidade. As Islas del Rosario ficam a 45 minutos no passeio de lancha. O tour vai até o Oceanário da Ilha de San Martin de Pajares, que abriga aquários naturais com várias espécies de animais marinhos, entre elas peixes, tubarões, tartarugas e aves aquáticas. Tudo é muito lindo, mas a principal atração fica por conta dos golfinhos, que dão um verdadeiro espetáculo.

Islas del Rosario, um paraíso em Cartagena das Índias.

Após se encantar com o Oceanário, siga para a Playa Blanca, localizada na Isla Baru. Ao desembarcar de barco um cenário paradisíaco do mar caribenho o aguarda, com águas transparentes esverdeadas e coqueiros que contornam a orla. Se for entrar no mar, tome cuidado com os ouriços, que são bem comuns nas praias da região.

Barranquilla

De Cartagena, pegue a estrada até Barranquilla, a 130 km de distância. A cidade, conhecida como Porta de Ouro da Colômbia, é uma combinação de cultura com modernidade. De um lado, centros culturais e museus, do outro uma metrópole colorida e cosmopolita. Localizada onde o rio Magdalena se encontra com o mar do Caribe, a cidade tem uma população multicultural e acolhedora, dona da maior festa de rua do país durante o período de Carnaval, que acontece em fevereiro. Se você curte festanças animadas, considere participar do Carnaval colombiano, que traz 4 dias de muita música e brilho. Para conhecer a cidade fora da época de Carnaval, 3 dias de estadia são suficientes. Vamos lá?

Desfile de Carnaval em Barranquilla.

Centro Histórico de Barranquilla

Comece o seu roteiro pelo Centro Histórico, marcado por um grande valor arquitetônico, com construções que misturam os estilos barroco, neocolonial e moderno. Os principais atrativos estão próximos do Paseo Bolívar, a avenida central. Caminhe por lá e sinta-se como um morador local em meio ao movimento. O antigo prédio da Aduana hoje abriga atrações como a Biblioteca Piloto do Caribe, o Arquivo Histórico do Atlântico, o Museu de Arte Moderna e o Parque Cultural do Caribe, uma parada obrigatória. Conheça também a Igreja San Nicolás de Tolentino e a Catedral Metropolitana María Reina e encante-se com a arquitetura local. Localizada no centro, a Feira da praça dos Artesãos conta com várias barracas de venda de produtos locais para comprar souvenirs, vale a pena visitar.

Muitos prédios modernos na Colômbia.
A cosmopolita cidade de Barranquilla, na Colômbia.

Barranquilla é uma potência cultural, atraindo artistas de todo o país. Se você perdeu o Carnaval, não deixe de conhecer a Casa de Carnaval, com seus murais repletos de fotos intrigantes que resgatam o clima carnavalesco. Durante a noite, recomendamos que aproveite a famosa e badalada vida noturna da cidade. Os bares “La Troja” e “Frogg Leggs” são muito famosos para dançar salsa e outros ritmos típicos da região, além de oferecerem um bom cardápio de bebidas e comidas.

Bairro do Prado e Castelo Salgar

O bairro de luxo de El Prado oferece excelentes refeições em um ambiente arborizado e agradável. Faça um passeio pela longa Praça da Paz e pelas ruas para conhecer melhor a história da cidade e entender um pouco sobre as diferentes culturas existentes. O destaque local é a arquitetura diferenciada e as igrejas conceituais, como a da Imaculada Conceição de Maria. Não deixe de conhecer o Hotel El Prado, considerado um patrimônio nacional, e a Escola de Belas Artes, que fica por ali. A apenas 20 km do Hotel El Prado está o Castelo de Salgar. Dirija até lá para apreciar uma maravilhosa vista do mar caribenho e relaxar na praia.

Fachada do clássico Hotel El Prado em Barranquilla, Colômbia.

Bocas de Ceniza e gastronomia colombiana

Não dá para conhecer Barranquilla sem ir ao belíssimo ponto de encontro do rio Magdalena com o mar caribenho. As duas porções de água de cores, densidade e texturas diferentes formam um espetáculo da natureza. Para chegar até lá, é preciso pegar um trem artesanal que segue por um antigo trilho em uma faixa estreita de areia, que separa o rio do mar. A viagem dura cerca de 45 minutos e na parte final deve ser percorrida a pé, pois o trem não segue até a ponta. Pelo caminho a infraestrutura da região é precária, mas a vista do encontro das águas é de tirar o fôlego.

Antiga estrada de ferro entre o mar do Caribe e o rio Magdalena, em Bocas de Ceniza.

Um dos destaques colombianos é a culinária única e em Barranquilla você pode experimentar muitas comidas típicas da região norte do país, como as receitas com arroz de lisa, um cozido com tainha, arroz de coco e sancocho de guandú, uma saborosa sopa de carne salada. A gastronomia da cidade é marcada pela influência das culturas indígenas, hispânicas e africanas. Visite ao menos um destes três restaurantes típicos: La Tiendecita, Palenque e Cucayo.

Curiosidade: A cantora Shakira nasceu em Barranquilla e é o maior ícone pop da Colômbia. Muitos turistas vão até lá para conhecer a famosa cidade natal da musa. O escritor Gabriel García Márquez também estudou e trabalhou por muitos anos em Barranquilla, contribuindo para a história local.

Santa Marta

Próxima parada: O paraíso caribenho Santa Marta, localizado a 100 km de Barranquilla, entre o Mar do Caribe e as montanhas da Sierra Nevada. A cidade litorânea é a mais antiga da América do Sul e, apesar de todos os atrativos, não possui o apelo turístico de Cartagena, sendo a pedida perfeita para quem busca mais tranquilidade. Com uma vibe descontraída, beira-mar ensolarado e grande riqueza histórica, Santa Marta agrada a todos os gostos e pede no mínimo 5 dias de estadia para aproveitar a cidade e seus arredores.

As praias de Santa Marta estão entre as mais belas da Colômbia.

Centro Histórico de Santa Marta

Desbravar o Centro Histórico é uma excelente maneira de iniciar o roteiro. Formado por casas coloridas, ruas estreitas e edifícios que preservam a arquitetura original, o local é puro charme. Por lá você encontrará muitos restaurantes, bares, lojas de artesanato, hotéis e baladas. Não deixe de visitar a Catedral de Santa Marta, um dos prédios históricos mais importantes e primeira basílica da América Latina. Pertinho dali está o Parque de los Noivos, o lugar favorito dos casais, e o Parque Bolívar, principal praça do Centro. Para quem se interessa pela história pré-colombiana, dois museus são paradas obrigatórias: o Museu do Ouro Tairona e o Museu Antropológico e Etnológico.

Centro histórico de Santa Marta, Colômbia.

Parque Tayrona

O Parque Tayrona, localizado a cerca de 35 km do Centro de Santa Marta, é um dos mais importantes da Colômbia, com 12 mil hectares em terra e 3 mil em mar. Visitar esse refúgio de biodiversidade será um dos pontos altos da sua viagem. O valor da entrada está cada ano mais alto, por isso se você tiver tempo de sobra, recomendamos que fique por lá mais de um dia, já que é possível acampar. A praia de Arrecifes, a 3.5 km, e Cabo San Juan, a 7.5 km, são os lugares favoritos dos banhistas ao chegar. Paisagens deslumbrantes e áreas naturais preservadas estão em todos os cantos. É importante saber que boa parte das praias estão proibidas para banho, devido a correnteza muito forte. Fique atento! Além de curtir as praias mais calmas, como La Piscina, separe um tempo para fazer uma caminhada até Pueblito, uma cidade construída pelo povo Tayrona.

Praia do Parque Nacional Tayrona, na Colômbia.

Sierra Nevada e Minca

A Sierra Nevada de Santa Marta é a maior montanha da Colômbia e a mais alta cordilheira costeira do mundo, que se eleva a mais de 40 km do mar. Ela abriga o Parque Nacional da Serra Nevada, que conta com a presença de tribos indígenas. São vários os atrativos disponíveis para os viajantes, entre eles caminhadas, mirantes, praias, cachoeiras e piscinas naturais. Também é possível fazer trilhas e planejar passeios de bicicleta. Neste lugar está o parque arqueológico Cidade Perdida, um conjunto de ruínas históricas do império dos Índios Tayrona.

Trilha às ruínas históricas da Cidade Perdida, na Serra Nevada de Santa Marta.

A 600 m do nível do mar na Sierra Nevada e a 40 minutos de Santa Marta, está localizada a cidade de Minca, ótima opção para quem aprecia a natureza e quer visitar fazendas de café e cacau. Um dos destaques da região é o hostel Casa Elemento, que fica no alto da montanha, lugar favorito dos mochileiros, graças a uma rede colocada sobre um precipício e diversos atrativos naturais como cachoeiras, trilhas e piscinas. Para visitar não precisa estar hospedado, mas é necessário pagar a entrada. Vale a pena!

Bahia Concha, Costeño Beach e Playa Blanca

Não é a toa que Santa Marta é um dos destinos mais naturais e de águas cristalinas da Colômbia. Reserve um tempo para conhecer as mais belas praias da região, como a Bahia Concha, que tem águas transparentes e areia branca, cenário digno de filme. O destino fica a 20 minutos do Centro. Já a Costeño Beach é uma das melhores praias para passar o fim de semana e aproveitar a natureza, com um belíssimo pôr do sol. O local é o favorito dos surfistas, pois oferece as melhores condições de surf na costa caribenha. Outra belíssima praia para incluir no seu roteiro é a Playa Branca, localizada no vale das montanhas que separam Santa Marta e a cidade de El Rodadero. O acesso a ela é feito somente de barco, com saída do Centro Histórico de Santa Marta.

Bahia Concha, uma das praias de Santa Marta.

Bocas de Buritaca e Palomino

Pegue o carro e dirija até o povoado Bocas de Buritaca, a aproximadamente 50 km da região urbana de Santa Marta. O local é indicado para mergulho e ecoturismo. A atmosfera acolhedora torna Buritaca ideal para quem busca um refúgio de paz. A menos de meia hora de viagem de lá, você chega a Palomino, uma pequena vila de pescadores. Os turistas costumam ir ao local para observar o pôr do sol, tomar banho de mar ou rio, descer o rio de boia, andar pelas ruas e relaxar em meio a natureza.

O pôr do sol em Palomino é uma das atrações de Santa Marta.

Viaje de carro pela Colômbia

O que achou do nosso roteiro de carro pelo Norte da Colômbia? Esperamos que ele tenha te animado para colocar o pé na estrada. O tempo de viagem vai depender do seu orçamento, disponibilidade e vontade, mas com a quantidade mínima de dias indicados para cada região você já vai aproveitar bastante. Se quiser um ritmo mais tranquilo, opte por mais dias em cada cidade. Tem outras dicas de viagens? Deixe-nos um comentário!

Se você ainda não decidiu para onde vai, faça o nosso quiz para descobrir a road trip perfeita para você!

Confira aqui um roteiro por Cali, Medellín e Bogotá, na Colômbia.

Receba as ofertas Rentcars.com!

Você fará parte da nossa lista VIP para receber ofertas exclusivas de até 30% e roteiros para os destinos mais incríveis do mundo.



Atenção! Todos os esforços foram feitos para validar as informações dos textos publicados neste blog no momento da sua redação, porém a Rentcars.com não se responsabiliza por imprecisões ou alterações futuras que possam ocorrer em função do dinamismo das ofertas e condições do mercado de turismo. Os artigos aqui publicados, assim como os eventuais comentários de seus leitores, têm caráter meramente informativo e cabe ao cliente validar antecipadamente junto a Rentcars.com e/ou Locadoras qualquer informação que possa afetar seus planos de viagem.

Deixe um comentário

oito − 6 =