Conheça as cidades vinculadas à música e curta essa viagem especial do Dia Mundial do Rock!

O Dia Mundial do Rock de 2020 será diferente: em 13 de julho, cada um vai curtir muita música boa em casa, tocando uma ótima playlist e lembrando da experiência única que é assistir a um show presencialmente. Mas, enquanto isso não é possível, não significa que não podemos vivenciar algo novo na data predileta de quem ama Beatles, U2, Metallica, Nirvana, Iron Maiden e outras bandas que fazem ótima trilha musical.

Por isso, convidamos você para se inspirar com estes destinos incríveis que estão relacionados com o rock’n’roll e com alguns dos expoentes da música mais adorados de todos os tempos (e claro, ao som de uma playlist que vai ganhar o seu coração).

5 destinos de viagem para quem ama rock

1. Filadélfia, Estados Unidos

independence historic park na filadélfia

O Live Aid fez história: o evento aconteceu em 13 de julho de 1985 (sim, por isso que celebramos o Dia Mundial do Rock nessa data!) e reuniu dezenas de gigantes da música para arrecadar fundos para a Etiópia. Esse evento histórico aconteceu simultaneamente em Londres e na Filadélfia, cidade mais populosa da Pensilvânia, nos Estados Unidos. E é sobre ela que vamos falar agora.

“Philly” (apelido carinhoso da cidade) é capital da Pensilvânia e berço da democracia norte-americana: foi nela que, em 1776, a Declaração de Independência foi assinada e é por lá que você vai conferir o Independence National Historic Park, que é um quarteirão histórico e onde você encontra o Liberty Bell, um grande símbolo da liberdade do país.

Ainda são atrações que valem a pena visitar enquanto se está na Filadélfia: Museu de Rodin, com obras do escultor Auguste Rodin; a ponte de Benjamin Franklin, que já foi a mais longa travessia suspensa do mundo; e o Blue Cross RiverRink, que traz atrações especiais no inverno e no verão.

2. Dublin, Irlanda

ponte ha'penny bridge em dublin

U2 é uma das bandas mais famosas do mundo, e desde 1976, lança um sucesso após o outro, como os hits With or Without You, I Will Follow e Beautiful Day. E, agora, vamos conhecer a cidade natal da banda de Bono e The Edge, que é Dublin, capital da Irlanda e onde fica o armazém da cerveja Guinness, que é uma das principais atrações da cidade e possui uma vista imperdível!

Mas não é só de cerveja que Dublin vive: você encontra lá o Museu Irlandês do Whiskey, que conta a história da bebida e ainda tem degustação para encontrar o destilado perfeito para todos os paladares. Para quem gosta de conhecer projetos arquitetônicos, uma visita ao Trinity College, que é a universidade mais antiga da Irlanda e onde o escritor Oscar Wilde se formou, é um passeio encantador e uma verdadeira viagem ao passado. Já quem adora a vida noturna não pode deixar de conhecer o Temple Bar, região de 750 metros que abriga diversas atrações, como pubs, restaurantes e até galerias de arte.

Agora, quem alugar um carro e dirigir em torno de 3 horas vai encontrar os Penhascos de Moher, o ponto turístico natural mais visitado do país. Com 8 km de falésias (paredões litorâneos), a vista é realmente de tirar o fôlego — ainda mais se você for até a Torre de O’Brien, que fará você se sentir como um protagonista de um filme inspirado nos tempos medievais.

3. Seattle, Estados Unidos

vista do horizonte de seattle

Berço do grunge, Seattle foi palco do surgimento de grandes bandas de rock alternativo, como Nirvana, Pearl Jam, Soundgarden, Alice in Chains e Foo Fighters (para citar algumas!). O final dos anos 80 e a década inteira de 90 abriram portas para que o gênero ultrapassasse as fronteiras e Smells Like Teen Spirit, Jeremy e Everlong virassem hits nas rádios do mundo todo.

Além da música, essa cidade do estado de Washington é o local em que nasceu a Starbucks, famosa marca de café. E é o local em que você pode ter uma caminhada agradável pela beira-mar (Seattle Waterfront), onde vai encontrar uma roda-gigante e diversas atividades para a família. O mercado Pike Place é um lugar que também vale a pena conhecer, e lá você terá a possibilidade de degustar muita comida boa (inclusive os doces de uma das confeitarias mais conhecidas da cidade, a Le Panier).

Não podemos deixar de mencionar ainda estes lugares: Space Needle, o ponto turístico mais famoso da cidade e que é uma torre com vista panorâmica; o museu da Pop Culture (MoPOP), que possui exposições sobre ícones da música (Nirvana, Pearl Jam e Jimmy Hendrix já apareceram por lá) e sobre filmes e televisão, sendo o Star Trek (Jornada nas Estrelas) um dos destaques; e o Farol de West Point, localizado no Parque Discovery e que possui uma vista encantadora.

4. Liverpool, Inglaterra

estátua dos beatles em liverpool

Tem como falar de rock sem mencionar a cidade em que surgiu a banda mais famosa de todos os tempos? Liverpool fica a 4 horas de carro de Londres e passear por lá é encontrar o The Beatles em cada cantinho. Para quem não sabe, várias músicas fazem referência aos locais da cidade, que recebe um número de turistas maior do que a quantidade de moradores.

Strawberry Field (na música, ganhou um “s” a mais) era um orfanato e é possível ver pelo portão vermelho o ambiente interno (não é aberto à visitação). Já a igreja de St. Peter’s é onde John Lennon e Paul McCartney se conheceram (e onde você encontra a lápide de Eleanor Rigby, anexa à capela).

Vale também citar Penny Lane, rua que ainda abriga uma barbearia no mesmo local mencionado na canção do álbum “Magical Mystery Tour”, e a possibilidade de conhecer o Cavern Club, que teve a honra de receber mais de 300 apresentações do The Beatles no começo da década de 60 (hoje, você pode reviver isso ao assistir o tributo especial à banda que teve mais de 34 hits no Top 10 do Billboard).

5. Sidney, Austrália

vista aérea de sydney

A maior cidade da Austrália é conhecida pelas suas praias, com destaque para a Bondi Beach, que proporciona um dia de diversão junto a águas cristalinas e em um ambiente totalmente praieiro. Mas Sydney também é conhecida por ser o local em que nasceu a banda de hard rock responsável pelos hits Back in Black (tema do Iron Man), Highway to Hell e Whole Lotta Rosie: AC/DC.

Sydney é muito mais do que praias belíssimas (Tamarama, Bronte e Manly são algumas), já que você também pode desfrutar dias maravilhosos conhecendo a Opera House, casa de espetáculos que é um dos ícones da Austrália e é considerada um dos Patrimônios Mundiais pela Unesco.

Ainda são outras dicas para conhecer na sua viagem: o edifício Queen Victoria, que é um shopping com uma arquitetura única; a galeria de arte de New South Wales, que permite entrada gratuita para as exposições permanentes; e o The Rocks, área com diversas atrações e pubs.

Para desfrutar ainda mais os gostinhos da Austrália e cair na estrada, deixamos mais uma dica: a menos de 2 horas de Sydney, você encontra as Three Sisters, formação rochosa que se tornou símbolo importante da cultura aborígene da região e que está localizada no parque nacional Blue Mountains.

Curtiu as dicas e já se planejou para sua próxima viagem? A Rentcars.com oferece opções de destinos para todos os gostos musicais 🙂 Que tal aproveitar as vantagens para conhecer esses locais? No site ou no aplicativo, você pode comparar preços entre as melhores locadoras em qualquer lugar do mundo de maneira rápida, prática e econômica. Pesquise abaixo, reserve e desfrute de sua road trip.

Receba as ofertas Rentcars.com!

Você fará parte da nossa lista VIP para receber ofertas exclusivas de até 30% e roteiros para os destinos mais incríveis do mundo.



Atenção! Todos os esforços foram feitos para validar as informações dos textos publicados neste blog no momento da sua redação, porém a Rentcars.com não se responsabiliza por imprecisões ou alterações futuras que possam ocorrer em função do dinamismo das ofertas e condições do mercado de turismo. Os artigos aqui publicados, assim como os eventuais comentários de seus leitores, têm caráter meramente informativo e cabe ao cliente validar antecipadamente junto a Rentcars.com e/ou Locadoras qualquer informação que possa afetar seus planos de viagem.

Deixe um comentário