Setor de aluguel de veículos aponta crescimento de quase 40% em relação ao mês anterior

Muitos brasileiros já começam a fazer planos para suas viagens internacionais e estão mais otimistas com uma possível reabertura das fronteiras. Segundo dados da Rentcars.com, plataforma online para aluguel de veículos, as reservas efetuadas por brasileiros para diversos destinos no mundo cresceram 37% em maio em relação ao mês anterior. Quando a comparação é efetuada com o mesmo período de 2020, quando não havia perspectivas de imunização, os números são mais impressionantes: a quantidade de locações subiu mais de 140%.

A diretora de Global Partnerships da Rentcars.com, Vivian Almeida, aponta que o avanço da imunização contra a Covid-19 no Brasil junto à notícia de que vários países estão abrindo as fronteiras para pessoas totalmente vacinadas está levando o brasileiro a voltar a planejar suas viagens. “Ainda acreditamos que a aprovação pela OMS do uso emergencial da Coronavac  traga resultados mais positivos para os próximos meses. Em breve, esperamos que alguns países já permitam que brasileiros vacinados possam circular em seus territórios, a exemplo do que temos visto acontecer na União Europeia”, comenta a diretora.

Outra mudança de comportamento apontada pela Rentcars.com é que as reservas de brasileiros para os Estados Unidos voltaram a crescer. Antes da pandemia, quatro cidades norte-americanas despontavam entre os cinco destinos prediletos para aluguel de carros no exterior: Miami, Orlando, Fort Lauderdale e Los Angeles, responsáveis por mais de 50% dos agendamentos efetuados no site em janeiro de 2020. No mesmo período de 2021, Cancún (México) foi o local preferido para 42,5% das reservas. “Em maio, as quatro cidades norte-americanas foram responsáveis por 28,3% dos bookings efetuados, enquanto Cancún recebeu 38,4% dos agendamentos. Em janeiro, as quatro cidades somavam 21,1% das reservas, e temos visto esse número aumentar mês a mês ”, analisa Vivan.

Orlando sempre foi um dos destinos prediletos dos brasileiros. Mas, durante a pandemia, perdeu sua posição para Cancún.

Viajante recupera confiança para viajar mas encontra tarifas mais altas

A diretora da Rentcars.com comenta que o setor de locação de veículos está se recuperando no mundo inteiro. Em maio deste ano, as reservas domésticas (dentro do mesmo país) cresceram 10% no site e as internacionais, 15%. Um mercado que tem se destacado é o Europeu, com o aumento de 60% de bookings em relação ao mês de abril. “Para continuarmos ganhando relevância nesse mercado, nós temos investido na captação de parcerias nesse continente. Durante este ano, a Rentcars.com fechou 13 novas parcerias e expandiu o mercado de atuação de 30 locadoras com as quais já trabalhava, com grande foco em Itália e Portugal”, ressalta Vivian.

Entretanto, assim como o Brasil, diversos países apresentam frotas reduzidas, o que tem alavancado o preço do aluguel de carros. A América Latina tem sido o território com o maior aumento no valor para locação de veículos: a diária média está 101% mais cara do que no ano passado. O México, que se tornou o destino internacional predileto durante a pandemia, apresenta a maior alta de tarifa dos mercados, com 283% de variação. Outro país que segue a mesma tendência é a Costa Rica, com valores de tarifa 69% maiores do que as de 2019. “Uma boa dica é sempre reservar o carro com antecedência, o que ajuda a conseguir taxas melhores para sua viagem”, adiciona a diretora da Rentcars.com.

México foi um dos países que mais apresentou alta na média da tarifa para aluguel de carros

Segundo Vivian, o Brasil também apresenta uma alta na diária, porém mais controlada. “Em relação ao mesmo período do ano passado, a tarifa média está 16% mais cara. Entretanto, ainda não estamos em período de férias escolares e apenas uma parte pequena da população está totalmente vacinada. A tendência é que os preços fiquem um pouco mais caros, principalmente pela alta dos insumos dos carros novos, que subiram em torno de 25%”, analisa. Mesmo sendo o investimento para viajar um pouco mais caro, o cenário para o turismo e para o setor de aluguel de carros é positivo. “Vários Estados afirmam que devem vacinar todos os adultos até o fim do ano. A demanda, que está reprimida por questões de saúde, certamente será alavancada.”, finaliza a diretora.

Write A Comment